23 de set de 2007

Eliminação de Preconceitos pela Paz e Unidade no Mundo

em 18 de setembro na Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO), em sua Semana da Primavera da Paz, em programação conjunta com a Comunidade Bahá’í pela XXIV Semana Bahá’í de Goiânia, em sala de aula para cerca de 40 alunos, do curso noturno de Administração.





Palestra de Shahab ul Bahá Badi Pezeshkzad
Aluno da Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO), no curso de Fisioterapia, palestra para alunos do curso de Administração, noturno, em 18/09/07.


Eliminação de Preconceitos pela Paz e Unidade no Mundo.
Disciplina de Ética, Valores Humanos e Transdiciplinaridade dentro dos Princípios da Fé Bahá’í.

Badi fala da Eliminação de Preconceitos pela Paz e Unidade no Mundo, em 18 de setembro na Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO), em sua Semana da Primavera da Paz, em programação conjunta com a Comunidade Bahá’í pela XXIV Semana Bahá’í de Goiânia, em sala de aula para cerca de 40 alunos, do curso noturno de Administração.

Badi é aluno da universidade no curso de fisioterapia, e foi um dos convidados para ser um dos palestrantes nesta parceria pela Paz Mundial. Ele explanou claramente para os presentes, o significado da palavra Pré-conceito; e a amplitude que esta palavra tem , se estendendo há vários setores de nossa vida pessoal e social através de situações que vivemos desde a nossa mais tenra idade; e o mal que tudo isto nos causou gerando assim uma porção de Pré-Conceitos e rótulos e princípios, que nos foram impostos através de nossos educadores, dentro do campo da psicologia.Mostrou também a visão e a explicação de ‘Abdú l- Bahá a respeito do EGO e o que ele nos causa com relação a aquisição de valores negativos, causando assim um caráter defeituoso e pré-conceituoso.

Apresentou um Power Point com imagens muito fortes da situação atual em que vive nosso mundo e a desigualdade social, apresentando textos de reflexões sobre o comportamento da sociedade egoísta e destrutiva, falando da grande necessidade do conhecimento de que todos nós somos iguais perante a Deus, indiferente de cor, credo e classe social. A professora e coordenadora do programa Universo da Paz, por várias vezes emocionada ao ver o desenrolar do assunto que prendia muito a atenção de seus alunos, lançava questionamentos e reflexões sobre o quanto é necessário à mudança de comportamento dos indivíduos e da sociedade em geral para que possamos viver em um mundo mais justo e de fraternidade entre os seres humanos. Neste Power Point Badi mostrou os 4 principais livros do Instituto Ruhi, falou dos círculos do livro 1 e de como ele pode transformar o caráter de um indivíduo e mudar suas atitudes, também de como a Comunidade Bahá’í mundial trabalha em grupos estudando estes livros que ensinam as pessoas a terem uma personalidade integra e a trabalhar pela transformação da humanidade, deixou em aberto para que os alunos que tivessem interesse em participar de um círculo de estudos pudessem procura-lo, ou a professora Rosa Maria para formarem grupos de estudos em horário e lugar a combinar.

Após a palestra Badi apresentou um vídeo vindo de Brasília do II Seminário Nacional Bahá’í de Mídia, distribuído pela Secretária Especial dos Direitos Humanos e do Centro Popular de Formação da Juventude, intitulado de: Diversidade Religiosa e Direitos Humanos, onde os alunos assistiram atenciosamente e questionavam entre si, sobre as questões que eram mostradas neste vídeo sobre o preconceito de raça, origem e principalmente o Religioso, teve alunos que pediram cópias do vídeo e da cartilha, para estudarem sobre o assunto, também pediram que Badi passasse depois para a professora Rosa Maria Viana uma cópia do material que ele preparou para proferir sua palestra.

O grupo da Comunidade Bahá’í foi apresentado pela professora Rosa Maria Viana, que falou do trabalho que os bahá’í faz pela paz e também do monumento á Paz que fora erigido pelos bahá’ís em Goiânia no Bosque dos Buritis, disse também que o aluno Badi a surpreendeu em sua palestra devido a sua sabedoria e conhecimento e que agora ele não escaparia de ser convidado para fazer outras palestras dentro da Universidade Salgado de Oliveira, tanto ele como Michel de Paula, que havia palestrado brilhantemente pela manhã.

Por: Catarina Cavalcante de Jesus
Representante de Mídia da Comunidade Bahá’í de Goiânia



Material em Power Point preparado e apresentado:

Shahab ul Bahá Badi Pezeshkzad.


Eliminação de Preconceitos pela Paz e Unidade no Mundo

*A palavra “preconceito” tem como significado uma opinião ou um conceito formados por antecipação, geralmente com precipitação, destituídos de análise mais profunda ou conhecimento de determinado assunto, sem levar em consideração suficientes argumentos contrários e favoráveis, sem o devido cotejo entre os múltiplos aspectos que incidem sobre os fatos, por conseguinte, sem a suficiente e necessária reflexão.

*O preconceito está relacionado com a ignorância, aqui vista como a ausência de conhecimento acerca de determinado assunto, e também associada ao egoísmo. Invariavelmente se encontra acompanhada da teimosia, que é sua escrava fiel.

*Muitos dos conceitos que hoje assumimos como nossos, de nossa autoria ou simples concordância, nos foram na realidade legados através de confortáveis estereótipos transmitidos de geração em geração, muitas vezes sem justificativa plausível que os ampare como legitimas ou verdadeiros.

*É comum acreditar que o preconceito só existe no “outro”. Apenas o “outro” é preconceituoso, esquecendo-nos de olhar para nós mesmos, ver o quanto de preconceito carregamos junto a nossos valores, até porque a circunstância mais grave dessa problemática é exatamente a de acharmos que nós próprios não possuímos preconceitos.

*É preciso estar permanentemente preparado para enfrentar o “novo”, aquilo que ainda se desconhece, com o objetivo de melhor se relacionar com o futuro. Para tanto, é fundamental que as pessoas se encontrem desarmadas de idéias preconcebidas, despidas de preconceitos que em nada favorecem esse sempre difícil relacionamento.

Para cada atitude há um conceito racional e cognitivo - crenças e idéias, valores afetivos associados de sentimentos e emoções que por sua vez levam a uma série de tendências comportamentais – predisposições. Portanto, toda atitude é composta por três componentes: um cognitivo, um afetivo e um comportamental:
a cognição – o termo atitude é sempre empregado com referência à um objeto. Toma-se uma atitude em relação à que? Este objeto pode ser uma abstração, uma pessoa, um grupo ou uma instituição social.
o afeto – é um valor que pode gerar sentimentos positivos, que por sua vez gera uma atitude positiva; ou gerar sentimentos negativos que pode gerar atitudes negativas. o comportamento –a predisposição : sentimentos negativos levam a aproximação e negativos ao esquivamento ou escape.
Desta forma, entende-se o PRECONCEITO como uma atitude negativa que um indivíduo está predisposto a sentir, pensar, e conduzir-se em relação a determinado grupo de uma forma negativa previsível.


AS CAUSAS DAS DIFERENÇAS NOS CARÁTERESDOS HOMENS

*Pergunta – Quantas espécies de caráter tem o homem, e qual a causa das diferenças e variações nos homens?

*O homem possui o caráter inato, o herdado, e o adquirido, este na dependência da educação. (escrituras Bahá’ís)

*O Pensamento mundano influencia os sentimentos de natureza preconceituosa.

*O preconceito têm instalado em seu âmago o egoísmo que é protegido pelas
barreiras da ignorância.

*O consciente, o subconsciente e o inconsciente X preonceito.

*A interferência do consciente no subconsciente / auto análise comportamental.

*Não existe distinção de valor entre as vidas dos homens.

*Nem sequer sussurres os pecados alheios enquanto tu próprio fores pecador. Fosses tu transgredir este mandamento, maldito serias, e disso dou testemunho.
(Bahá'u'lláh, As palavras ocultas)

*Toda alma imperfeita concentra-se em si mesma e pensa somente no próprio bem. Mas, à medida que seus pensamentos se expandem um pouco, começa a pensar no bem-estar e no conforto da família. Se suas idéias alargarem-se mais, ela terá como objetivo a felicidade dos concidadãos; e se ampliarem-se mais ainda passará a pensar na glória de sua terra e de sua raça. Porém, quando as idéias e as perspectivas alcançam o máximo grau de expansão e atingem a etapa da perfeição, então a alma se interessará pelo enaltecimento da humanidade. Daí ela desejará o bem de todos os homens e procurará a felicidade e a prosperidade de todas as terras. Isso é indício da perfeição.

('Abdu'l-Bahá, Selecao dos Escritos de 'Abdu'l-Baha)

*O mundo humano é dotado de duas asas: uma é a mulher, a outra o homem. A ave só poderá voar quando ambas as asas estiverem igualmente desenvolvidas. Se uma delas permanece fraca, o vôo é impossível. Enquanto o mundo feminino não se equiparar ao masculino na aquisição de virtudes e perfeições, não se atingirão devidamente o êxito e a prosperidade.

('Abdu'l-Bahá, Selecao dos Escritos de 'Abdu'l-Baha)

*Em verdade, é o homem aquele que se dedica hoje ao serviço da humanidade inteira." ('Abdu'l-Bahá, Respostas a Algumas Perguntas)



Livros de Círculos de Estudos do Instituto Ruhi
Badi oferece oportunidade para os alunos da UNIVERSO para estudarem os livros que moldam o caráter humano.




Unidade na Diversidade

"A terra é um só país e os seres humanos seus cidadãos"
-Bahá'u'lláh-

2 comentários:

Elaheh disse...

Oi minha querida
Será que não daria para vc por este material em Power Point aqui, no blogue ou mandar para mim?
Adoraria ver este material, quem sabe não seria uma ajuda para gente aqui.

"Tocha da Paz" A Chama que nunca se apagará!! disse...

Tentei enviar pelo Bloggeer e não consegui.Envie-me o seu e-mail, que lhe enviarei todos os Power Point da XXIV Semana bahá'í.

Grande abraço,

Catarina