21 de out de 2007

Oração de meditação e reflexão

Ó Tu cuja comemoração é o deleite das almas de todos os que por ti anseiam , Cujo Nome é o extase dos corações de todos aqueles devotados inteiramente à Tua Vontade e Cujo louvor é acariciado por aqueles que se aproximaram de Tua Corte! Tua face é o desejo ardente de todos os que reconheceram Tua Verdade; Tua provação é a cura das enfemidades dos que abraçaram Tua Causa; Tua calamidade é a mais alta aspiração dos que se livraram de todo apego a outro senão Ti !

Glorificado, imensurável glorificado és Tu, em Cujas mãos está o império de tudo o que se acha nos céus e sobre a terra- Tu que, com apenas uma palavra , fizeste todas as coisas expirarem e se dissolverem e, por ainda outra palavra , causaste a combinação e reunião de tudo o que se separa! Magnificado seja Teu Nome , ó Tu que tens poder sobre todos os que estão na terra, Cujo domínio abrange tudo no céu da Tua Revelação e no reino da Tua criação . Ninguém Te pode igualar em Teus reinos criados , ninguém se comparar Contigo no universo que moldaste. Jamais foste compreendido por mente humana , nem pode a aspiração de qualquer alma atingir-Te. Tua grandeza me dá testemunho ! Fosse alguém voar com quaisquer asas , por tanto tempo quanto durasse Teu próprio Ser, em toda a imensidade do Teu conhecimento , não teria ele ainda o poder de transgredir os limites que este mundo eventual lhe impôs . Como aspirará tal homem , pois, alçar vôo para o recinto da Tua excelsa pena?

Quem admite sua fraqueza e se confessa pecador está realmente dotado de compreensão , pois se qualquer coisa criada pretendesse a alguma existencia perante as infinitas maravilhas da Tua Revelação , tão blasfema pretensão seria o mais odioso crime em todos domínios de Tua invenção e criação. Poderá haver , ó meu Senhor , quem possua o poder de pretender para si existência alguma , qunado Tu revelas os primeiros vislumbres de Tua transcedente soberania e grandeza? A própria existência é como nada quando face a face com as grandes e múltiplas maravilhas do Teu Ser incomparável.

Longe, imensurável longe , estás Tu elevado acima de todas as coisas , ó Tu que és o Rei dos Reis! Imploro-Te , por Ti mesmo e por Aqueles que são os Manifestantes de Tua Causa e os Alvoreceres de Tua autoridade, que ordenes para nós o que ordenaste para Teus eleitos. Não nos prives daquilo que destinaste a Teus bem-amados, os quais, assim que Teu chamado lhes atingiu, apressaram-se a Ti e, quando os esplendores da luz do Teu Semblante se irradiaram sobre eles, prostraram-se instantaneamente em adoração ante Tua Face.

Somos Teus servos, ó meu Senhor, sob o domínio do Teu poder.Se Tu nos punisses com o castigo que foi infligido às gerações anterior, Teu veredicto seria justo, certamente, e Teu ato seria louvável. Poderoso és para fazer o que Te apraz. Não há Deus senão Tu, o Onipotente, o Todo-Glorioso, o Amparo no Perigo, o Subsistente por Si Próprio.

Bahá'u'lláh


"A terra é um só país e os seres humanos seus cidadãos"
-Bahá'u'lláh-

Nenhum comentário:

                            Quando a Semente Germina e dá Belos Frutos.                                  Uma História de fé, encantadora! ...