30 de jan de 2010

Detenção de 10 bahá’ís gera temor por outros prisioneiros


27 de janeiro (BWNS) – Cresce a preocupação devida à falta de informação sobre os 10 bahá’ís que foram detidos no início deste mês no Irã.

Além da preocupação pela sua segurança, há receio de que as acusações contra esses 10 sejam usadas para criar falsas evidências no tribunal contra os sete líderes bahá’ís, presos desde 2008, cujo julgamento está marcado para 7 de fevereiro.

"Nossa preocupação é que na ausência de qualquer evidência contra os 7 líderes, as autoridades iranianas possam estar tentando forjar um caso, talvez forçando esses 10 bahá’ís recém detidos a ‘confessarem’ um suposto envolvimento na organização das demonstrações da Ashura, em dezembro, sob a direção de sua ‘liderança’", disse Bani Dugal, a principal representante da Comunidade Internacional Bahá’í nas Nações Unidas.

“Quaisquer alegações desse tipo são absurdas, já que os 7 líderes estão na prisão há quase dois anos”, disse ela.

Desde sua detenção em 3 de janeiro, declarações da mídia controlada pelo estado iraniano afirmaram que os 10 possuíam armas e munições em suas casas como parte de um plano contra o governo durante as manifestações de dezembro.

Os 10 praticamente desapareceram dentro do sistema de detenção, disse a Sra. Dugal.

Embora não se saiba se qualquer um desses 10 de fato estiveram presentes nas manifestações da Ashura, qualquer sugestão de que eles tenham participado da organização desses eventos ou que possuíam armas para serem usadas contra o governo é completamente sem fundamento, disse ela.

"Nas três semanas desde que esses bahá’ís foram detidos, suas famílias não tiveram qualquer contato com eles, a não ser uma breve mensagem telefônica a um familiar em 11 de janeiro."

Embora as famílias não terem podido contatar os 10, soube-se que eles foram transferidos recentemente para a prisão de Gohardasht em Karaj.

“Recentemente, um companheiro de cela de alguns dos prisioneiros bahá’ís foi libertado e esse indivíduo informou as famílias sobre essa transferência”, disse a Sra. Dugal. "Não sabemos exatamente o que isso significa, mas sabemos que as famílias tentaram levar roupas e dinheiro aos prisioneiros. O dinheiro foi aceito pelas autoridades em Karaj, mas as roupas não."

Os 10 bahá’ís que foram detidos em 3 de janeiro são: a Sra. Leva Khanjani, neta do Sr. Jamaloddin Khanjani, um dos 7 líderes bahá’ís, e seu marido, o Sr. Babak Mobasher; o Sr. Artin Ghazanfari e sua esposa, Sra. Jinous Sobhani, antiga secretária de Shirin Ebadi, Prêmio Nobel e defensora dos direitos humanos; o Sr. Mehran Rowhani e o Sr. Farid Rowhani, que são irmãos; o Sr. Payam Fanaian; o Sr. Nikav Hoveydaie; e o Sr. Ebrahim Shadmehr e seu filho, o Sr. Zavosh Shadmehr.

Em 12 de janeiro, a acusação formal dos 7 líderes bahá’ís foi apresentada na 28ª. Vara da Corte Revolucionária em Teerã.

De acordo com relatos da mídia patrocinada pelo governo, os 7 foram acusados de espionagem, atividades de propaganda contra a ordem islâmica, o estabelecimento de uma administração ilegal, cooperação com Israel, envio de documentos secretos para fora do país, ação contra a segurança do país, e corrupção na terra.

No tribunal, os réus expressamente negaram todas essas acusações.

A Sra. Dugal disse que há indícios de que o juiz deu a entender que a próxima sessão do julgamento, em 7 de fevereiro, será aberta e que a presença das famílias será permitida. A primeira sessão da corte foi fechada ao público.

Os 7 "líderes" são: a Sra. Fariba Kamalabadi, o Sr. Jamaloddin Khanjani, o Sr. Afif Naeimi, o Sr. Saeid Rezaie, a Sra. Mahvash Sabet, o Sr. Behrouz Tavakkoli, e o Sr. Vahid Tizfahm.

Este grupo de 7 e os 10 bahá’ís detidos em 3 de janeiro estão entre centenas de bahá’ís que foram detidos na contínua perseguição aos bahá’ís – uma campanha sistemática cuja severidade vem crescendo nos últimos anos.

Para ver o artigo original em inglês com as fotos acesse: http://news.bahai.org/story/751

Fonte: Secretaria Nacional de Ações com a Sociedade e o Governo - SASG às 2:15 PM 0


"A terra é um só país e os seres humanos seus cidadãos"
-Bahá'u'lláh-


Nenhum comentário:

                            Quando a Semente Germina e dá Belos Frutos.                                  Uma História de fé, encantadora! ...