22 de dez de 2007

Como Nossa Família é Importante

Como Nossa Família é Importante

A nossa família é o bem mais precioso que temos.
Principalmente os nossos pais, não importa se são nossos pais de verdade,
ou se são pais que adotaram você. O que importa é que eles te amem,
te passem tudo que aprenderam nessa vida.

Nossos pais merecem todo respeito e carinho do mundo.
Pois são eles quem nos dão tudo aquilo que temos e estão sempre se esforçando para nos dar aquilo que queremos.

Aprenda a dar valor a essas pessoas tão especias,
que tem um amor enorme por você.

Retribua tudo que eles te dão,
com carinho,
amor,
felicidade,
pois esses são os presentes que os nossos pais mais querem.

Autor Desconhecido

http://www.mensagenseamor.com.br/

"A terra é um só país e os seres humanos seus cidadãos"
-Bahá'u'lláh-

Prece de Natal

Prece de Natal


Senhor!

Sou como todos.
Também tenho os meu pedidos especiais.
Mas não se preocupe!
Tenho pouco de novo a pedir.
Tenho, é verdade, muito mais a agradecer.

Mas Natal não é Natal se a gente não se ajoelhar diante da tua Sabedoria pra refazer todos aqueles pedidos de que tua Bondade já sabe que a gente precisa.

Olha, dá um jeitinho de acabar com todas as guerras.
Essa gente já brigou por tanta coisa!!!
Faz com que eles vejam a inutilidade de tanta disputa.

Também tem aqueles que não sabem amar e só odeiam.
Faz com que eles entendam que o nosso tempo é tão curto para
se desperdiçar com sentimentos menores.

Ah... tem também aqueles que me magoaram.
Faz com que eu me esqueça do que houve
e me dá luz e grandeza prá eu aprender a perdoar.

Ainda tem aqueles que se encontram desesperados.
Dá-lhes conforto, um motivo de vida e mostra-lhes a maravilha
operada pela palavra Esperança.

Tem aqueles que já são meus amigos antigos.
Para esses eu peço o que sempre pedi:
Que eu possa sempre ser o que esperam de mim
e, se não o for, que possam entender meus limites.

Agora, tem os meus novos amigos.
Pará esses, o que eu peço é lindo e grandioso.
Que o milagre que fez a gente se encontrar
continue só operando belezas em nossas vidas.

Ah... e tem um alguém especial por quem eu quero pedir.
É alguém que tornou minha vida mais linda e feliz.
Dá um jeitinho desse alguém nunca sumir,
Já que não há como viver sem ter ele por perto.

Que eu possa esquecer as tristezas do ano passado
e, nesta prece, só te pedir alegria.
Faz com que eu possa acreditar que o mundo
pode ainda ser melhor,

E pra isso eu te peço...Fé.

Obrigado!

Amém!

Autor Desconhecido


"A terra é um só país e os seres humanos seus cidadãos"
-Bahá'u'lláh-

"O homem vale na medida da sua capacidade de admirar."

"O homem vale na medida da sua capacidade de admirar."
Ernest Renan


"A terra é um só país e os seres humanos seus cidadãos"
-Bahá'u'lláh-

Então é Natal

Então é Natal
E o que você fez?
O ano termina
E nasce outra vez

Então é Natal
A festa cristã
Do velho e do novo
Do amor como um todo

Então é Natal
E um Ano Novo também
Que seja feliz quem
Souber o que é o bem
Então é Natal
Pro enfermo e pro são
Pro rico e pro pobre
Num só coração
Então, bom Natal
Pro branco e pro negro
amarelo e vermelho
Pra paz, afinal

Então, bom Natal
E um Ano Novo também
Que seja feliz quem
Souber o que é o bem

Então é Natal
E o que a gente fez?
O ano termina
E começa outra vez

Então é Natal
A festa cristã
Do velho e do novo
Do amor como um todo

Então é Natal
E um Ano Novo também
Que seja feliz quem
Souber o que é o bem

Hiroshima...
Nagasaki...
Mururoa...


John Lennon e Yoko Ono - Versão de Claudio Rabelo


"A terra é um só país e os seres humanos seus cidadãos"
-Bahá'u'lláh-

Assembléia Geral da ONU aprova resolução sobre direitos humanos no Irã

FÉ BAHÁ'Í NO MUNDO

2007-12-21 18:29:33

Assembléia Geral da ONU aprova resolução sobre direitos humanos no Irã

O projeto de resolução sobre a situação dos direitos humanos na República Islâmica do Irã, aprovado em primeira instância pelo Terceiro Comitê das Nações Unidas em 20 de novembro, foi adotado pela Plenária da Assembléia Geral na tarde do dia 18 de dezembro. O quadro de votações registrou 73 votos a favor, 53 contrários e 55 astenções, incluindo a do Brasil.

Como ocorreu também no Terceiro Comitê, os representantes do governo iraniano tentaram impedir a aprovação da resolução propondo uma moção de não-ação - um mecanismo previsto no regulamento das Nações Unidas que retira o projeto de resolução da pauta com base em argumentos levantados pelos seus proponentes. A votação de novembro havia registrado uma diferença de apenas um voto (78 a favor e 79 contrários), culminando com a rejeição da referida moção. Felizmente, algumas alterações no quadro de votações durante a votação de dezembro favoreceram nova rejeição da moção proposta, registrando um total de 80 a favor, 84 contrários e 19 abstenções.

O Brasil novamente se absteve da votação, apesar dos apelos de parlamentares e de organizações da sociedade civil brasileira para que revisse sua posição. A posição brasileira é a de fortalecimento do Conselho em detrimento da utilização de mecanismos como as resoluções sobre países específicos.

Na visão de Iradj Eghrari, Secretário Nacional de Assuntos Externos da Comunidade Bahá'í, fortalecer o Conselho de Direitos Humanos é realmente algo necessário. ''Isto não exclui, porém, a necessidade de casos específicos serem tratados de forma diferenciada. As perseguições e violações de direitos humanos dos bahá'ís iranianos estão mais do que comprovadas, tanto com base em informações coletadas pelos próprios relatores especiais das Nações Unidas quanto por ONGs independentes. '' Ele completa dizendo que ''a descoberta de documentos oficiais emitidos por autoridades iranianas orientado para a expulsão de jovens bahá'ís das universidades no país, assim como outros que comprovam a intenção de identificar e monitorar todos os bahá'ís residentes no Irã são a constatação de que a política de estrangulamento da comunidade bahá'í naquele país está em vigor e em plena força.''


Para o Deputado Paulo Henrique Lustosa (PMDB/CE), causa estranhamento que o Brasil se coloque a favor de resoluções sobre outros países (como Mianmar e Coreia do Norte) e contrário a resoluções sobre o Irã, que conta com um histórico de violações igualmente graves. Já o Deputado Luiz Couto (PT/PB), Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, acredita que o Ministério das Relações Exteriores precisa rever sua política externa em casos como o do Irã. Ele propõe que o parlamento e organizações da sociedade civil possam reunir materiais e informações que o Ministério possa utilizar de forma que a política externa reflita o que a Constituição Federal de 1988 estabelece: a prevalência dos direitos humanos na elaboração de todas as políticas nacionais.


Veja o release sobre disussões na Plenária da Assembléia Geral da ONU em http://www.un.org/News/Press/docs/2007/ga10678.doc.htm.


Fonte:ABEN (Agência Bahá'i de Notícias)

"A terra é um só país e os seres humanos seus cidadãos"
-Bahá'u'lláh-