31 de ago de 2011

Bahá'ís de todo o Brasil se mobilizam para 4ª Caminhada pela Liberdade Religiosa

Bahá'ís de todo o Brasil se mobilizam para 4ª Caminhada pela Liberdade Religiosa





A Caminhada pela Liberdade Religiosa, organizada pela Comissão de Combate à Intolerância Religiosa do Rio de Janeiro - CCIR, já se tornou um evento tradicional do calendário nacional. Em sua 4ª edição, a Caminhada promete agitar a orla da praia de Copacabana - Rio de Janeiro com a presença de pessoas das mais variadas religiões.


Os bahá'ís -- que em junho passado mobilizaram as representações religiosas e outros grupos da sociedade civil e do governo para pedir a libertação das sete lideranças bahá'ís presas no Irã desde 2008 e condenadas a 20 anos de prisão -- marcarão presença maciça na Caminhada do dia 18 de setembro.

"É uma oportunidade de chamarmos a atenção de toda a população brasileira para as injustiças e para o preconceito sofridos pelas pessoas que seguem diferentes religiões existentes no Brasil", diz Mary Aune, representante da Comunidade Bahá'í do Brasil. "Nosso compromisso vai além da defesa dos bahá'ís perseguidos no Irã. Temos de lutar para que todas as pessoas possam ter garantido o seu direito à liberdade de crença e religião", completa Mary.

A representante bahá'í ressalta que o apoio das demais religiões durante o evento de junho foi essencial para a sensibilização da sociedade. "Ficamos muito felizes de ter tantos representantes religiosos participando do evento, e as falas realmente nos emocionaram pela profundidade do sentimento de que qualquer perseguição com base na religião do indivíduo é um tema que precisa ser tratado por todas as religiões, por todas as pessoas, em todas as partes do mundo", diz ela.

O apoio dos bahá'ís do Brasil à Caminhada -- realizada tradicionalmente no mês de setembro -- vem desde a sua primeira edição. Sérgio Bonato, da comunidade bahá'í do Rio de Janeiro que participou da 2ª edição da Caminhada, em 2009, descreveu o evento como "uma experiência de convívio, amor e muita fé". Ele lembra que, na ocasião, os bahá'ís prepararam uma faixa com um dos ensinamentos de Bahá'u'lláh (Profeta Fundador da Fé Bahá'í) em que se lia: "A paz não é somente possível, mas inevitável". A faixa foi carregada por pessoas de diferentes religiões durante todo o percurso da Caminhada, numa demonstração de que esta é uma crença (e também um anseio) comum a todos.

Para esta 4ª edição, cujo lema é "Caminhando a Gente se Entende", estão previstas milhares de pessoas, além da participações especiais de artistas renomados. Caravanas representando grupos de todas as tradições religiosas sairão de diversas partes do país. "A expectativa é que, só de bahá'ís, sejam cerca de 500 pessoas, vindo de pelo menos quatro estados da Federação", afirma Mary.

Para mais informações, acesse a página oficial da CCIR - www.eutenhofe.org.br ou assista ao vídeo de divulgação.

Para saber mais sobre a mobilização bahá'í, escreva para sasg@bahai.org.br ou acesse a página Libertem os 7 Baháis Presos no Irã no Facebook





Postado por Secretaria Nacional de Ações com a Sociedade e o Governo - SASG


"A terra é um só país e os seres humanos seus cidadãos" -Bahá'u'lláh-